sexta-feira, 15 de junho de 2012

IMS lança livro sobre fotografias produzidas durante o Império


O IMS (Instituto Moreira Salles) e a editora Companhia das Letras lançou nesta quarta-feira, no centro de convenções da Faap (r. Alagoas, 907, Higienópolis, zona oeste de São Paulo), o livro "Fotografia e Império - Paisagens para um Brasil Moderno", da pesquisadora argentina Natalia Brizuela.
Natalia analisa e interpreta uma série de imagens produzidas no Brasil por fotógrafos, em sua maioria europeus, ao longo do século 19 e revela a oscilante relação entre as representações da realidade, os mecanismos do desejo e a construção de geografias imaginárias.
O livro mostra personagens como Hercule Florence, aventureiro, naturalista, inventor e fotógrafo; Revert Henrique Klumb, alemão que foi um dos primeiros fotógrafos a retratar as paisagens do Rio de Janeiro; e Marc Ferrez, contratado para desbravar e registrar as vastas terras do Império.
 Natalia é bacharel em artes pela Universidade de Princeton, em Nova Jersey, tem PhD em espanhol e português pela Universidade de Nova York, é professora-assistente no departamento de espanhol e português da Universidade Berkeley.
Fonte: Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário