quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Fotografa condenada por fotografar sua filha nua

Isso é um caso de família ... Mãe fotografou filha nua e certamente ficou conhecida por seu trabalho, logo depois, mãe e filha brigam corta os laços. A própria filha Eva agora resolver brigar na justiça por esse ensaio 30 anos depois e a justiça acabou condenando a fotografa Irina Ionesco a pagar cerca de R$27,6 mil por danos e atentado ao direito da imagem e à vida privada da sua filha. 
Irina Ionesco

As fotos, dos anos 1970, mostram Eva nua, em close erotizados e ajudaram a promover a carreira de Irina Ionesco e agora motivaram o processo judicial da filha.
O caso já foi levado ao cinema com "My Little Princess", ainda inédito no Brasil, realizado pela própria Eva Ionesco e com Isabelle Huppert no papel de Irina, mostra o retrato da relação perturbada de mãe e filha, que terminou dois anos depois da exposição (e livro posterior) "Eva: Eloge de Ma Fille", em 1975, com a passagem da custódia de Eva para a família do estilista Christian Louboutin.

Fonte: Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário